Sobre
Como Funciona
Termos de Uso
Contato
Efetuar Login

Artigo » Darlan Andrade Da Silva

Sobre: sou um jovem advogado com ânsia de fazer prosperar o nosso país no que se refere a justiça. busco através dos meus conhecimentos fazer que o nosso estado se torne, efetivamento...
Advogado
Aporá/BA
OAB/BA 51359
Publicado em 22/12/2017 às 21:31:35

Da injustiça da contribuição patronal



Não é plenamente justo a contribuição patronal de 20% incidente sobre cada salário paga aos empregados pelas empresas. Dizemos que não é justo, pois, quanto não sofre uma pequena empresa que possui poucos empregados e, em consequência, pouco lucro, pagar um total de 20% do salário que é paga aos trabalhadores.

Só a título de explicação, se um empregador remunera seu empregado com um salário de R$ 1.000,00, deve reverter a previdência um total de R$ 200,00, assim, a gastando um total de R$ 1.200,00 por cada empregado, sem falar do SAT. E também, no salário, por conta do trabalhador, um total de 8%,9% ou 11%, sendo estabelecido conforme o salário do trabalhador.

Propomos em outros artigos que esta forma de contribuição seja reformulada (Reforma da previdência) (Sistema misto), para garantirá um maior desenvolvimento nacional. Não vemos que a saída seja alterar a forma de pagamento dos benefícios, pois isso somente traz prejuízos para os trabalhadores e principalmente para economia. Temos que a melhor reforma será aquela feita na forma de custeio da previdência, mexendo gravemente na formula de manutenção dos nossos dispendiosos benefícios.
Deve-se onerar mais as empresas que dominam de forma maciça o mercado e garantir mais alivio aqueles que são menores, assim, garantirá o crescimento da nação, visto que fará surgir mais empresas e o empreendedorismos poderá florescer.
Publicidade

Advogado ou Escritório de Advocacia
Cadastre-se Grátis e Participe!
Crie seu perfil e faça parte dessa grande rede de advogados.
PesquisaAdv é um produto SeuSiteBrasil - Criação de Sites. Todos os direitos reservados.